“Não temos roupas para o seu tamanho”

Brasília é uma cidade com ritmo de interior e quando se é adolescente, não tem muito o que se fazer além de ir para os shoppings. Então quando se está na fase adulta, não é incomum ter enjoado de passeios no shoppings. A comida não é lá essas coisas, tudo te pressiona a comprar coisas nem sempre necessárias, além dos preços injustos de estacionamento. Em uma das minhas raras idas ao shopping, me deparo com esta vitrine.

IMG_6957

Normalmente, eu passaria sem perceber todos os mil detalhes e informações que essa vitrine de uma famosa grife passa sob nosso subconsciente e farei algumas leituras importantes.

É impactante dizer isso, mas a verdade é que modelos de passarela são adoecidamente magras — em sua maioria — para serem cabides humanos. É isso mesmo que você leu. Muitas marcas e estilistas realmente não estão nem aí se modelos são pessoas. O que importa é o corte, o tecido, a costura. O corpo é só um detalhe, afinal ele não poderia chamar mais atenção que a roupa. E corpos curvilíneos, talvez sadios não são compatíveis com os quesitos do mundo da moda que fatura muito dinheiro, concorda?

Ao mesmo tempo, me lembro da dor que muitas pacientes que atendi, especialmente as que buscavam a cirurgia bariátrica, de estarem cansadas de entrarem em lojas e ouvirem a frase que parte uma mulher ao meio: “Não temos nada do seu tamanho“. De rica a pobre, da negra a branca, essa não é uma frase incomum. É…Doi. Mas é importante que você saiba de uma coisa: existem marcas que escolhe quem vestirá suas roupas. E uma das suas exigências é buscar manter o padrão esquelético e, por vezes, DOENTIO das passarelas. Porque a menor curvatura na roupa faria com que o alinhamento milimétrico já não ficasse dentro dos padrões que a marca quer. Mas na realidade de humanos imperfeitos e saudáveis, guarde bem essa frase a seguir:

Não é você que tem que caber na roupa. É a roupa que precisa caber em você.

Então, ao se deparar com vitrines como essa, comece reparando se os manequins se parecem o ET e depois você pode fazer qualquer outro julgamento.

 

et filme
“Que bom que ao chegar na Terra terão looks para mim!”

E lembre-se que, de fato, naquela loja você pode ouvir que não haverá roupas para seu tamanho e tudo bem. Afinal são as roupas que precisam caber em você, e não você em roupas que poderiam te requerer arriscar sua saúde física e mental para isso. Além de poder te por em risco para um transtorno alimentar (!).

✅Quer receber minhas dicas de Nutrição e Comportamento no seu Whatsapp? Clique em  http://bit.ly/whats_ean

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.